Padme: a caçadora implacável

Hoje uma cigarra entrou na cozinha aqui de casa. Foi a sua sentença de morte... Minha gatinha caçadora sempre me salvando dos perigos! :)



2 comentários:

Maria Oliveira disse...

Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho e muito sucesso pra ti!

Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

Ah,tem 2 sorteios rolando por lá,participa? :)

http://umamulherbemvestida.blogspot.com

Catish disse...

Adorei :)
E depois o que você fez com a cigarra? Eu acho que não conseguia pegar-lhe :/
Marta